quarta-feira, 14 de maio de 2008

Cá com os meus botões


Raciocinem comigo...
A gente pensa, pensa, pensa... E no final acaba fazendo caquinha, né?!
É uma pseudo-racionalidade irritante essa que nos assola!
OU seria "que atinge toda a humanidade"?
E cá estou eu, com os meus botões... E minhas reticências...
Eu penso muito do que vejo, do que ouço, ou do que em suma, sofro influências. É de ambiente interno, de ambiente externo, de você, do vizinho, da internet, da ciência, da mídia, da família, das razões, das emoções...
E no final das contas, transpiro, me canso, descanso, me limpo... E estou pensando.
E se penso, e se reflito, por que erro?
Mais adiante: se critico o BBB, por que venho me expor aqui? (Será que eu tenho um vetor exibicionista?).
Já dizia alguém que pensou: "penso, por isso existo". E até hoje a gente se pergunta se não é justamente o contrário!
Quero ser hoje o que não fui ontem e amanhã o que nem sonhava em ser hoje, mas tudo isso sem perder a essência, e pra isso eu penso. OU acho que penso. Ou queria pensar mais porque me cobram isso (ou me cobro isso).
E sigo focada nos erros e pensando em implementar acertos.
Mas cá com os meus botões, concluo: eu penso com impulsos!

5 comentários:

Gustavo :: ovatsuG disse...

Acho que o "pensar" é uma atitude bastante complexa. Sempre estamos pensando. Ou pensando que pensamos. Estava pensando justamente no "Existo, logo penso" quando li a frase no seu texto. Mas somos seres pensantes, não é mesmo? Embora muitos insistam em querer ferir essa qualidade que possuímos com escândalo em cima de escândalo, um para encobrir o outro. Mas de que adianta pensar se não podemos agir?
Como falei, é uma questão complexa. E se formos parar para pensar no "pensar" acabaremos por ficar loucos (ou mais do que já somos).

Gustavo :: ovatsuG disse...

Ah, na parte "Estava pensando justamente no 'Existo, logo penso' quando li a frase no seu texto." leia-se: "Estava pensando justamente no 'Existo, logo penso' quando li a frase oposta no seu texto."

Larissa Bury disse...

Sempre existe algo nessa vida para nos influenciar! Seja a tv, a música, ou alguém que quando convivemos, terminamos 'possuindo' alguma caracterísca da pessoa.
Acontece, sem percebermos!
:*

Ana Paula disse...

Pior é dar limites a estes pensamentos.Sim, porque de nada adianta pensar se a este não se acrescentar uma ação,seja ela pra mudar o mundo ou algo bem íntimo em nós mesmos.Pensar pra permanecer? Pensar pra não mudar?Pensar pra se manter em cima do muro?Pensar pra se achar melhor?
Cuidado aí,isso e uma faca de dois gumes.De um simples pensar podem surgir maravilhas ou pesadelos...

Bella,dessa vez tu foi mais fundo que sempre.Arrasou,inclusive na foto,tem horas q me sinto como aquele menininho,com a cabeça cheia de coisas.kkkk

Chantinon disse...

Comecei lendo o texto e vi uma tal de "caquinha"... E era tanto pensamento que pensei:
Penso, logo... faço caquinha!

Ai no meio do texto vc usa essa frase batida :)

Infelizmente o mundo cada dia pensa menos, ou pensa com menos qualidade... Mas é a globalização, o BBB.