terça-feira, 20 de abril de 2010

A vida e as suas mortes





A gente sabe que está ficando velho quando sente o peso das frustrações nos ombros...
Quando passa a acreditar que o horizonte é apenas uma linha que separa o céu e a terra, linha esta que a cada passo fica mais distante.
Quando passa a chorar apenas pela morte de expectativas.
Quando passa a dar boas vindas a um mundo sem escolhas, um lugar ideal para todo aquele que não deseja se sentir a vontade, a menos que o indivíduo saiba lidar com competição.
Quando deixa de encontrar com os amigos porque não tem tempo.
Quando passa a acreditar que 24 horas são insuficientes para todas as obrigações.
Quando passa a considerar o lazer uma coisa supérflua.
Sugestão?
Regressar à juventude e abraçar de vez a idéia de estar em um oceano de informações, rodeado de barcos guiados por cabeças fúteis!

3 comentários:

Gustavo :: ovatsuG disse...

Tô sentindo muita tristeza e amargura nessas suas palavras (embora concorde com tudo o que foi falado).
Bola pra frente!
Como dizem por aí, "se a vida lhe der as costas, passe a mão na bunda dela" ou ainda o "ligue o 'foda-se' e seja feliz".

Ana Paula disse...

Sinto que a gente morre um pouquinho a cada dia quando a vida nos impõe mais e mais limitações e nos faz crer que o único modo de ser feliz é de fato sendo acomodado e conformado com "a vida como ela é". Não sei mais onde posso apoiar meus sonhos, nem sei mais se posso chamar de esperança o que eu sinto,mas ainda desejo ardentemente que um dia tudo isso possa mudar.

Marcos Vinícius Rocha disse...

A severidade da realidade tende a tentar desviar nossos olhares do mundo como ele é. Pq quando a gente olha, se sente assim mesmo.
Me conforta olhar pra dentro de mim mesmo e saber que sou a pessoa que de fato gosto de ser. Ser uma pessoa boa, pra mim, é uma realização e sinto o reconhecimento das pessoas que gostam de mim. Quando encaro dessa forma sinto que o mundo é mais feliz e creio que você tem muitas razões pra se orgulhar de quem você é nesse mundo e não contrário.

Você é uma joia rara não reconhecida pela maioria mas não deixa de ser uma joia rara desde que alguém reconheça. =)