sábado, 24 de novembro de 2007

E o senso coletivo?


Sendo só mais uma criatura viva neste sórdido planeta, ninguém me dava atenção...
Eis que um dia apareço na televisão e passo a ser notícia, agora todos me conhecem, pois sou temido e admirado, um verdadeiro paradoxo. Cometi crimes inafiançáveis, por isso sou reconhecido, estou estampado em todas as folhas policiais, já não há esconderijo. Se houvesse, não recorreria a ele, pois já me encontrei: sou um ser de valores invertidos que não sabe ao certo se teve oportunidade de escolher tal caminho.
Acho que me enganei...
Será mesmo que é isso?
Questão de sobrevivência ou para alcançar um patamar mais alto? Na selva de pedras não há respostas, há especulações. Uma coisa eu sei: quase todos estão vendados, e enquanto isso, eu sou um mito.
Entre temores e admirações, permaneço por trás dos grilhões, bem distante do arrependimento.
Agora saí do baile de máscaras e só vejo quem quer me ver, foi a fuga da vida sem conhecer a morte.
Prazer, meu nome é José Brasileiro Frustrado, moro nos porões das melhores mansões e passeio nos piores pesadelos. O meu futuro não depende de mim e sim daqueles que se conceituam humanos e acham que vivem em uma sociedade integrada.

6 comentários:

Ana Paula disse...

Sempre busco aqui no blog palavras que me traduzam,coisas que me confortem de saber que alguém mais se sente como eu.Mas hje me surpreendi ao ver que suas palavras tb tem o poder de me fazer reconhecer com humildade algo de ruim que também é meu.Somos todos responsáveis pela maioria das coisas ruins que acontecem por aí e que tanto reclamamos.Seja através de atos concretos ou pela simples omissão, cada um de nós é gerador tanto quanto vítima de toda essa maluquice.
E eu aqui achando que a consciência bastava...

CRITIQUE A CRÍTICA de Marcus M.Machado disse...

Acéfala,

PALAVRAS SÃO IMAGENS.

ATUANDO, SÃO PALAVRAÇÃO.


Muito grato por sua visita e comen-
tário.
Marcus Moreira Machado

Fraternas saudações!

Hipacia disse...

Olá! Quanto tempo! Tenho escrito mais no "sambandonalama", mas na verdade eu tinha dado um bom tempo aqui. Obrigada pelo comentário, texto legal esse sobre o Dr. Frustrado. Até mais!

Hipacia disse...

Moça; convido a visitar um blog novinho em folha: "sufocandoepifanias.blogspot.com". Até mais!

Chantinon disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Chantinon disse...

Pior é que já estou cansando de falar sobre este mesmo tema...
Mas infelizmente, a sociedade é um ciclo... só depois do incêndio devastador é que a floresta renasce mais verde...
Novos holocaustos e febres espanholas terão que ser absurdamente mais grotescos para acordar essa massa de alienados (Como se chama o coletivo de alienados?)

Muito fo** seu texto!